Segundo a reportagem apurou, a reversão fará com que a perda de arrecadação com o aumento de combustíveis anunciado na semana passada seja de R$ 501,7 milhões.

A alíquota do etanol havia sido aumentada em R$ 0,12 para o produtor e em R$ 0,19 para o distribuidor. O decreto irá reduzir a elevação na alíquota para o distribuidor para R$ 0,11.

A revisão não atingirá as altas na alíquota da gasolina e do diesel.

Nesta segunda (24), o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, já havia afirmado que a Receita estava recalculando a elevação da alíquota para o etanol.

Isso porque representantes de produtores de cana-de-açúcar argumentaram que a alta da tributação sobre o combustível, de R$ 0,10 por litro, pudesse estar acima do limite legal.

“A avaliação da Receita Federal é que o tributo está no limite da lei. Eu recomendei à Receita Federal que fizesse mais uma vez os cálculos para ter certeza de que está no limite da lei”, afirmou Meirelles.

Marcio Ramos

Jornalista DRT 5202/BA

http://www.xba.com.br/wp-content/uploads/2017/07/ng3347426.jpghttp://www.xba.com.br/wp-content/uploads/2017/07/ng3347426-200x150.jpgRenato FerreiraAlagoinhasMarcioRamos.ComSegundo a reportagem apurou, a reversão fará com que a perda de arrecadação com o aumento de combustíveis anunciado na semana passada seja de R$ 501,7 milhões. A alíquota do etanol havia sido aumentada em R$ 0,12 para o produtor e em R$ 0,19 para o distribuidor. O decreto irá...Notícias de todo estado da Bahia, Salvador, Camaçari, Entre Rios, Alagoinhas entre Outras cidade do Estado