Os motoristas que não deixam o celular nem mesmo na hora de dirigir estão na mira do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA). De acordo com o diretor do órgão, Lúcio Gomes, as ações para punir os motoristas serão intensificadas.

15883,detran-vai-aumentar-punicao-contra-celular-no-transito-a-pessoa-nao-aprende-2

 “Precisamos aumentar a penalização. O Detran não é um órgão que fiscaliza, fazemos muitas ações de educações. Antes de começar a punir queremos fazer vários programas de educação. Já atendemos quase 100 mil alunos na escola pública, mas evidente que todo esse esforço temos que punir as pessoas, no sentido de que conscientizar apenas, a pessoa não aprende”, reclama. Atualmente, a multa para quem dirige falando ao celular é de R$ 85 e quatro pontos na carteira, mas uma proposta de lei busca transformar a ação em infração gravíssima.

 

Para conscientizar a população sobre a necessidade de reduzir o número de acidentes de trânsito, o Detran criou a campanha Maio Amarelo. “Em 2015 aproximadamente 600 mil pessoas deram entrada no seguro permanente para poder receber por invalidez permanente, 60% desses são jovens. O Brasil e o segundo pais que registra essa morte com motociclista, por exemplo, é uma epidemia”, ressalta.

Fonte:Panorama de Noticias