A Secretaria da Segurança Pública apresentou, nesta segunda-feira (2), os números da produtividade policial na Micareta de Feira de Santana, iniciada no dia 28 de abril e encerrada na madrugada de hoje.

Durante os cinco dias de festa não houve Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs). Já os casos de condução, prisão em flagrante e pessoas conduzidas e presas por uso e tráfico de drogas aumentaram em comparação a Micareta de 2015.

Na festa recém concluída foram conduzidas 41 pessoas a mais do que no ano passado: o número passou de 501 para 541. Já o índice de pessoas conduzidas e presas por uso e tráfico de drogas saltou de 262 para 303 casos, um acréscimo de 15,6%. Houve também um aumento de 50% entre as pessoas autuadas em flagrante.

A apreensão de armas de fogo e armas brancas (facas, tesouras e outros objetos perfurocortantes) teve uma redução de 33,3%, passando de seis casos para quatro.

Os índices de lesão corporal (grave ou leve) apresentaram redução de 28,6%, enquanto as brigas e agressões, classificadas como vias de fato, tiveram uma queda de 82,9%.

Também caíram os crimes contra o patrimônio (furtos e roubos): 37,6%. Ainda houve o registro de uma tentativa de homicídio.

O efetivo policial contou com mais de 10 mil homens, incluindo representantes das polícias Militar, Civil e Técnica e do Corpo de Bombeiros.

Fonte: Marcia Santana