O candidato e sua vice foram recebidos com muito entusiasmo no bairro

No bairro 2 de julho todo mundo é 25. A comprovação desta afirmação veio após a caminhada de Joaquim Neto e Iraci Gama por ali, ocorrida na noite desta terça-feira (13). O candidato e sua vice foram saudados com muita alegria pelos moradores. Um dos que fizeram festa com a passagem da dupla foi Cléber Oliveira. “Vi todo o trabalho que Joaquim fez pela saúde. Minha mãe faz hemodiálise na Hemovida e lá o atendimento é excelente”, conta o rapaz, revelando o motivo de ter aderido à onda azul.

Nos arredores do 2 de julho a situação se repete. “Vou votar em Joaquim para melhorar a nossa rua. Tá vendo só como tá? Quando chove é pura lama”, aponta o morador do Parque Diesel, Daniel Abade, que também reclama da iluminação precária e da falta de saneamento básico. Quem anda na Brasilinha só vê adesivo do 25. “A gente está precisando de mudança para melhor. Esses que estão aí tem que sair da Prefeitura”, fala a eleitora Ana Cristina Lima. Alessandra Oliveira, que acompanhava a caminhada também quer mudanças na administração da cidade. “Ter Joaquim como prefeito será uma grande oportunidade para Alagoinhas. Ele é a esperança de uma saúde melhor para todos nós”.

E não é só pela saúde que os moradores estão com Joaquim Neto. Há muitos anos o bairro não recebe obras da Prefeitura, como nos conta o morador Cláudio Chaves.  “Não é certo isso aqui estar desse jeito. A Prefeitura abandonou o 2 de julho há muito tempo. Tanto que o prefeito nem aqui vem”. A linha férrea, que já foi símbolo do progresso e da grandeza de Alagoinhas, está cercada pelo mato e por ruas de pura terra. “Há muitos anos atrás, eu andava nesse bairro diariamente, quando eu fazia estágio de ajustador mecânico na Oficina Diesel pelo Senai. Quarenta anos depois eu passo aqui e a rua continua a mesma coisa”, lembra Joaquim Neto.

Propostas

Iraci Gama, que desde a infância mora na Rua 2 de Julho, proferiu um discurso emocionado ao microfone falando dos ataques covardes que a candidatura de Joaquim Neto vem sofrendo nos últimos dias por parte dos adversários. “Os que colocam essas mensagens são os fracos de espírito. Eles não têm proposições a apresentar e preferem agredir quem está na frente por vontade do povo”.

Joaquim Neto reiterou que sua campanha vai continuar limpa, baseada em propostas para Alagoinhas. “Eles estão batendo porque viram nas pesquisas deles que não conseguem nos alcançar. O que Alagoinhas precisa é que ao invés de ataques, é que digam o porquê de não terem feito muita coisa por essa cidade. E nem vão fazer”. O candidato democrata mais uma vez se comprometeu a trabalhar para resolver os grandes problemas da cidade, como a falta de creches, o funcionamento precário da saúde pública e a pavimentação.