Pelo menos 18 detentos fugiram da Cadeia Pública, uma das unidades do Complexo Penitenciário Lemos de Brito localizada no bairro da Mata Escura, em Salvador, na manhã desta sexta-feira (13/1).

Segundo o Coordenador do Sindicato dos Agentes Penitenciários da Bahia, Reivon Pimentel,  os fugitivos fazem parte da facção criminosa ‘Bonde do Maluco’. “Todos que fugiram eram líderes”, afirmou.

Só no prédio principal onde ouve a fuga tem quase 900 presos, segundo o coordenador. “São apenas 20 agentes pra custodiar uma massa carcerária inteira”, disse.

Ainda de acordo com Reivon Pimentel, o número de agentes não é suficiente para cobrir os postos e, por conta disso, alguns postos dentro da unidade foram fechados e faltam profissionais nas guaritas.

A falta de monitoramento por câmeras também é outro agravante que facilita episódios de fuga como esse.Recentemente, a equipe de reportagem do Programa QVP, da TV Aratu, fez uma matéria especial comprovando a existência de falhas estruturais que possibilitam a fuga dos presos. São muros baixos, guaritas desativadas e câmeras sem funcionamento.

Fonte:Aratu Online

http://www.xba.com.br/wp-content/uploads/2017/01/Lemos-Brito-840x400.jpghttp://www.xba.com.br/wp-content/uploads/2017/01/Lemos-Brito-200x150.jpgRenato FerreiraSalvador2 de Julho,Advogados,Alagoinhas,Bahia,Barreiro,Bate Papo,Brasil,Brasileiro,Brasilinha,chat,Companheiro,Corrupção,Dilma Rousseff,Educação,Goleiro,Greve,impeachment,internet,Jardim Petrolar,Mandatos de Prisão,Notícias da Bahia,Polícia Federal,Rio de Janeiro,Sergipe,xbaPelo menos 18 detentos fugiram da Cadeia Pública, uma das unidades do Complexo Penitenciário Lemos de Brito localizada no bairro da Mata Escura, em Salvador, na manhã desta sexta-feira (13/1). Segundo o Coordenador do Sindicato dos Agentes Penitenciários da Bahia, Reivon Pimentel,  os fugitivos fazem parte da facção criminosa ‘Bonde...Notícias de todo estado da Bahia, Salvador, Camaçari, Entre Rios, Alagoinhas entre Outras cidade do Estado