Décima segunda unidade a ser instalada no interior da Bahia, o Centro Integrado de Comunicações (Cicom) de Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo, está com 95% das obras concluídas. Aproximadamente R$ 1,5 milhão foi investido no centro, que atenderá cerca de 30 municípios e beneficiará mais de 60 mil pessoas. A previsão da Secretaria da Segurança Pública (SSP) é de que, no final de outubro, a estrutura física da unidade – que funcionará no mesmo espaço do 14º Batalhão da Polícia Militar, situado na rua Cosme e Damião, S/N, no bairro Indaiá – esteja completamente pronta.

Com a chegada do Cicom, as ocorrências da região serão direcionadas para um único local, centralizando as informações policiais e dando a agilidade ao acionamento das policiais. Para lá serão enviadas as chamadas e o atendimento dos três serviços de emergência 190 (Polícia Militar), 197 (Polícia Civil) e 193 (Bombeiros). No espaço, 26 servidores, entre policiais militares, civis e bombeiros, vão atender às ligações realizadas pela população. Também do Cicom partirão os despachos de viaturas para a apuração das ocorrências nas ruas.

“Nosso planejamento prevê a instalação de 22 centros, cobrindo todas as regiões do estado. Entre os avanços do investimento deste tipo de tecnologia, está o monitoramento das ocorrências policiais do interior na capital baiana, por meio do Centro de Operações e Inteligência”, destaca o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.O superintendente de Telecomunicações da SSP, tenente-coronel PM Antônio Carlos Silva Magalhães, ressalta a utilização dos Cicoms para a realização do monitoramento das câmeras espalhadas na cidade. “É mais um aporte tecnológico que auxilia o trabalho preventivo policial, além de ajudar na investigação dos crimes registrados pelos equipamentos”, explica. Ele ainda lembra que as imagens recebidas nos Cicoms podem ser acionadas do grande centro de monitoramento em Salvador.

Fonte: Ascom/SSP