Em um gesto de generosidade, um jovem do bairro do Calabar, em Salvador, faz questão de dividir o que sabe com a comunidade onde vive. A partir de fevereiro, cerca de 30 jovens e adultos terão a oportunidade de aprender com ele sobre a língua inglesa. As aulas serão realizadas em uma sala dentro das instalações da Base Comunitária de Segurança (BCS) do bairro.
A ideia surgiu do estudante Vinícius Batista, 18 anos, que se voluntariou para ensinar de forma gratuita. As aulas vão acontecer nos finais de semana, durante seis meses. Ainda há vagas disponíveis. Os interessados devem procurar a sede da BCS com documento de identificação com foto.
Vinícius concluiu o ensino médio no Colégio Estadual Raphael Serravalle e aprendeu inglês após três anos como bolsista em uma escola de idiomas de Salvador. Depois de participar de um concurso da Embaixada Americana, ele ficou entre os finalistas e teve a oportunidade de passar um período em Brasília, aprendendo sobre a cultura inglesa.
Foto: Daniele Rodrigues/GOVBA

Vinícius concluiu o ensino médio no Colégio Estadual Raphael Serravalle e vai estudar na Ufba

(Foto: Daniele Rodrigues/GOVBA)
“Quando voltei dessa viagem, eu senti vontade de compartilhar tudo que eu aprendi. Procurei a base comunitária porque já era um lugar que promovia cursos gratuitos para a comunidade e agora me sinto preparado para dar essas aulas no meu bairro”, afirma o estudante, que também já foi aprovado para o curso de Bacharelado Interdisciplinar (BI) em Humanidades da Universidade Federal da Bahia (Ufba).
Segundo idioma 
A subcomandante da BCS do Calabar, tenente Janielle Nogueira, reconhece a importância da iniciativa de Vinícius. “Nós abraçamos a ideia, pois é isso que queremos para a comunidade: a melhoria na educação das pessoas que vivem aqui. Aqui na base nós temos espaço para isso e é muito bom poder dar oportunidade a essas pessoas de aprenderem outra língua. Quando é algo que vai trazer benefícios para a comunidade, nós apoiamos a causa”, comenta Nogueira.
Na expectativa para o início das aulas, a dona de casa Laís Braga espera aprender uma nova língua e afirma que esse conhecimento pode ajudar em novas conquistas no futuro. “Eu acho muito interessante a base estar abrindo novas oportunidades para os moradores do bairro. Ser bilíngue abre muitas portas, não apenas para um emprego, mas para o mundo”.
 
Repórter: Eudes Benício
http://www.xba.com.br/wp-content/uploads/2017/01/normal_1485807023300117DR0113.jpghttp://www.xba.com.br/wp-content/uploads/2017/01/normal_1485807023300117DR0113-200x150.jpgRenato FerreiraEducação2 de Julho,Advogados,Alagoinhas,Bahia,Barreiro,Bate Papo,Brasileiro,Brasilinha,Companheiro,Corrupção,Dilma Rousseff,econômica,Educação,Ensino a distância,internet,Mandatos de Prisão,Notícias da Bahia,Política,Rio de Janeiro,Salvador,Santa Terezinha,São Paulo,Sergipe,xbaEm um gesto de generosidade, um jovem do bairro do Calabar, em Salvador, faz questão de dividir o que sabe com a comunidade onde vive. A partir de fevereiro, cerca de 30 jovens e adultos terão a oportunidade de aprender com ele sobre a língua inglesa. As aulas serão...Notícias de todo estado da Bahia, Salvador, Camaçari, Entre Rios, Alagoinhas entre Outras cidade do Estado