Iniciativa integrantee do movimento global Designe For Chance, presente em 35 países, o Desafio Criativos da Escola premia projetos de intervenção social protagonizados por estudantes de todo o País. Este ano, dois projetos desenvolvidos por estudantes da rede estadual de ensino serão premiados no dia 6 de dezembro, em Salvador. Eles estão entre os 11 selecionados dos 1.014 inscritos de todas as regiões do Brasil e que buscam transformar a realidade dos lugares onde vivem.

Um dos dois projetos premiados é o ‘Descobrindo as riquezas e a importância da Gruta do Padre’, produzido por Ana Clara Renault, 17, Milena Louise Martins, 18, e Liandra de Melo, 17, que cursam o 3° ano no Colégio Edvaldo Flores, localizado no município de Santana, no extremo oeste baianao. O projeto busca a divulgação e a preservação da Gruta do Padre, considerada um patrimônio imaterial da localidade.

Segundo Ana Clara Renault , o grupo resolveu fazer o projeto em decorrência da necessidade de cuidar dos recursos naturais. “Precisamos ter um parque de preservação para que a gruta seja protegida. Além disso, por ser muito belo, o local tem um grande potencial tu rístico, o que também poderá gerar novos empregos na comunidade”. Sua colega Milena diz se sintir “honrada em fazer parte de um projeto como esse e que está tendo um reconhecimento nacional. A Gruta do Padre é a terceira maior do Brasil. Vai ser muito bom viajar para Salvador e conhecer outros projetos interessantes”.

O outro projeto foi desenvolvido por um grupo de estudantes do Colégio Estadual do Rio do Antônio, localizado em Rio do Antônio. no centro sul. Ele aborda sobre a ‘Utilização de plantas medicinais no município’. O projeto valoriza as plantas encontradas na região e que trazem benefícios para a saúde da comunidade local.

Premiação

Os estudantes e professores autores dos projetos selecionados serão premiados com uma viagem para Salvador, onde irão participar de atividades e trocar experiências com outros estudantes. Além disso, os educadores representantes de cada equipe receberão R$ 500 e a escola R$ 2 mil para comemorar com a comunidade escolar ou aprimorar o projeto.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado