Vagner Mancini aos 34 minutos de jogo, decidiu apostar no garoto Nickson (18 anos), que, recentemente, retornou da seleção sub-20. E Nickson, filho de Jackson,  ex-jogador e ídolo da torcida rubro-negra, correspondeu. Ajudou o time com um futebol eficiente e ainda marcou um dos três gols – o segundo pelo time profissional – do triunfo de virada por 3 x 2 sobre o Sport, no Barradão, na noite desta quarta-feira. Foi o terceiro triunfo do Vitória em seu santuário.
O Vitória começou pressionando, criando situações de gol, e acabou sofrendo. Após bola rebatida da área, Rodney Wallace pegou o rebote e cruzou na medida para Matheus Ferraz, que vinha de trás. O zagueiro ajeitou no peito e fuzilou Caique, aos 17 minutos.
A equipe rubro-negra continuou no ataque e aos 23 minutos, o Sport ficou com um a menos: Everton Felipe, que já tinha cartão amarelo, interrompeu um ataque promissor de Vander e foi expulso.
Vagner Mancini com o Vitória com um a mais, ousou: tirou o volante Amaral e colocou o garoto (18 anos) Nickson para deixar o time ainda mais ofensivo e com opções para furar o bloqueio adversário.
A pressão surtiu efeito e empatou aos 44 minutos com Vander. Ele aproveitou o passe de Diego Renan e chutou forte para balançar as redes do Sport.
O Vitória, com os gritos de incentivo da torcida, voltou para o segundo tempo acuando o Sport e com 18 minutos marcou 3 a 1. Aos 16, Willian Farias deu um passe na medida na área para Euller dominar no peito e deslocar o goleiro.
Dois minutos depois, o Vitória tocou de pé em pé e Vander, quase da linha de fundo, levantou a bola na párea para a cabeçada do garoto Nickson.
O Vitória ainda levou um gol aos 32 minutos, novamente marcado pelo zagueiro Matheus Ferraz,  mas garantiu os três pontos e voltou a vencer no Barradão.
O próximo compromisso do Vitória será contra o Cruzeiro, domingo, 3 de julho, às 19h30, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte.
VITORIA 3 X 2 SPORT
1º Turno – 12ª Rodada
Local: Estádio Manoel Barradas, Salvador (BA)
Data: 29/06/2016
Horário: 19h30
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ-CBF 1), assistido por Dilbert Pedrosa Moisés (RJ-MAST.) e Luiz Cláudio Regazone (RJ-ASP. FIFA)
Gols: Matheus Ferraz (SPO) aos 17 e Vander (VIT) aos 44min do 1º tempo; Euller aos 16,  Nickson aos 18, Matheus Ferraz (SPO) aos 32min do 2º tempo
Cartão Amarelo: Nickson, Vander, Dagoberto, Tiago Real (VIT) e Durval (SPO)
Expulsões: Everton Felipe (SPO) aos 23min do 1º e Lenis (SPO) aos 21min do 2º tempo
Renda: R$
Público: mil e  pagantes
VITÓRIA
Caíque; Victor Ramos, Kanu e Ramon; Diego Renan, Amaral (Nickson),  Willian Farias, Tiago Real(Rafaelson) e Euller; Dagoberto (Yan) e Vander
Técnico: Vagner Mancini
SPORT
Agenor; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Rodney Wallace; Ronaldo, Rodrigo Mancha, Gabriel Xavier (Lenis), Diego Souza (Vinícius Araújo) e Everton Felipe; Edmilson (Rogério)
Técnico: Oswaldo Oliveira
 Fonte:Esporte Clube Vitoria