O jornal Tribuna Paraná divulgou uma notícia curiosa sobre uma tentativa de assalto que aconteceu em Curitiba (PR) na última quarta-feira (4). Segundo relatos, um ladrão anunciou o assalto em uma livraria evangélica, mas um dos funcionários presenteou o criminoso com uma Bíblia e o fez desistir do roubo.

“Ele entrou na loja dizendo que não queria fazer aquilo, mas iria nos assaltar porque tinha uma dívida de drogas de R$ 1.500,00 que precisava pagar hoje para continuar vivo”, disse Gerson de Lima, funcionário da livraria.

“Ele levantou a camisa e mostrou uma arma na cintura. Eu e meu colega ficamos muito preocupados e não reagimos”, revelou ele afirmando que o crime ocorreu por volta do meio-dia.

Ao perceberem que o assaltante pedia desculpas por fazer aquilo sem sacar a arma, os funcionários resolveram conversar com ele, já que o criminoso sempre passava na rua da livraria.

“Agente começou a conversar dizendo que ele era uma pessoa do bem, que conhecíamos ele e que o desfecho da sua vida não precisava ser aquele”, afirmou o funcionário.

Depois da conversa o criminoso resolveu aceitar uma oração e recebeu uma Bíblia de presente. “Meu colega até deu um abraço nele, e o homem foi embora levando só o presente”.

A dona da livraria, Lourdes Passos, entende que a ação foi um verdadeiro milagre. “Nossas lojas nunca tinham sido assaltadas com alguém que mostrasse uma arma para os funcionários. Graças a Deus não aconteceu nada pior, e o homem ainda levou uma Bíblia que pode transformar a vida dele”, disse a empresária.

Ladrão foi preso após oração

Se a oração impediu que a livraria fosse assaltada, outro empresário da região não teve a mesma sorte. O criminoso, duas horas depois de sair da livraria evangélica, foi preso tentando roubar outro comércio do Centro da cidade.

A Polícia Militar o encontrou com uma pistola de brinquedo que era usada para intimidar as vítimas. “Encontramos com o suspeito, que foi abordado após o assalto, uma arma de brinquedo. Ele já tem passagens pela polícia e permanece detido”, disse a “Encontramos com o suspeito, que foi abordado após o assalto, uma arma de brinquedo. Ele já tem passagens pela polícia e permanece detido”, contou a tenente Thaislainy.

 

Fonte:Revival Times