O Ministério Público da Bahia (MP-BA) instaurou inquérito para apurar suposta conduta de oferecimento de cargos em troca de apoio político pela pré-candidata à prefeitura de Alagoinhas, a ex-secretária municipal de Infraestrutura Sônia Fontes (PSB).

Um áudio vazado pela imprensa do município mostra a socialista negociando cargos em troca de apoio do PHS a sua candidatura. A briga pela PHS teve como objetivo enfraquecer a pré-candidatura do vereador Radiovaldo Costa (Rede) à prefeitura.

No áudio, a pré-candidata, que tem apoio do prefeito Paulo Cezar Simões (PDT), diz que votações expressivas iriam garantir melhores cargos e salários vantajosos. A socialista ressalta que firmou o mesmo acordo com aliados do PSB. “Só temos [apoio] na base do PSB, um pouquinho do PSD e agora vocês”, ponta.

Em nota, divulgada pela imprensa, Sônia negou ilicitude na prática. Segundo ela, “é totalmente lícito em reuniões de pré-candidatura” que se realize o “compromisso de ocupação de cargos políticos de confiança na composição de um futuro governo”.

Sônia Fontes era secretária municipal de Infraestrutura e se afastou do cargo no início de junho para disputar a prefeitura de Alagoinhas.

Fonte: Bocao News